alimentação

Pão, comer ou não comer?


🥖PÃO, COMER OU NÃO COMER❓

:

Vejo muita gente falar do pão como se ele fosse uma droga poderosíssima ☠️. Virou quase um pecado mortal consumir!No café da manhã já virou proibição com julgamento na corte marcial e tudo!😂

:

🙋🏼Calma gente, venho pedir a vocês BOM SENSO!

:

✅Se para alguns é habito consumir ovos no café da manhã, para outros não é e alguns pacientes sofrem muito com essas restrições e imposições midiáticas, restringindo diversos alimentos.

:

✅Cada um deve ser responsável por suas escolhas e respeito muito, mas será que é necessário EXCLUIR O ALIMENTO quando dentro do seu contexto de vida ele é um habito?

:

🍞LEMBRO QUE: alimentação não é imposição e o prazer de se alimentar deve estar sempre presente!

Afinal qual o sentido de comer o que não se gosta NUNCA❓

:

MAS AFINAL QUAL O MELHOR PÃO ENTÃO❓

🍞🥖Existe o branco, o integral, sem glúten, pão de centeio, pão caseiro, o Rye bread (sem glúten totalmente integral), o pão de fermentação natural, opções orgânicas, enfim tem para todos os gostos e necessidades.

:

👩🏼‍⚕️DICA : o pão caseiro integral, pão fermentado naturalmente, Rye bread e versões orgânicas e glúten free são ótimas escolhas! 😉

:

🚫Pão não é veneno, não mata e não é obrigatoriedade numa dieta. Dá pra incluir pra quem gosta de maneira equilibrada. JAMAIS responsabilize os alimentos pelo seu comportamento. Se pão é a razão pela qual você engorda é porque você está consumindo de maneira errada! PENSE NISSO 💡

:

Agende sua consulta:

☎️+44 (0) 7756988135

✉️carolina@carolinasimon.co.uk

🌐 Atendimento online disponível para o mundo todo!

📍Harley Street, Marylebone

W1G9QN :

#nutricionista #reeducacaoalimentar #nutricaointeligente #nutricionistaemlondres

Pão, comer ou não comer?

Nhoque de batata-doce.

Nhoque de batata-doce com molho de castanha e cogumelo.

Ingredientes

  • 2 xícaras de Batata-doce cozida e amassada (em geral, duas unidades pequenas) 

  • 4 colheres (sopa) de farinha de arroz (rasas) 

  • 2 colheres (chá) de polvilho doce (para a massa) 

  • 2 colheres (chá) de polvilho doce (para o molho) 

  • 2 xícaras de leite de castanha-do-pará (bata 12 castanhas-do-pará com 2 xícaras de água no liquidificador por dois minutos) 

  • 100 cogumelo shiitake ou shimeji frescos 

  • 2 colheres (café) de óleo de coco

  • • sal rosa do himalaia a gosto 

  • • pimenta-rosa aroeira a gosto 

  • • noz-moscada a gosto 

Modo de preparo

Prepare a massa

Em uma tigela, misture a batata-doce com 4 colheres de sopa de farinha de arroz, 2 colheres de chá de polvilho doce e sal rosa a gosto.

Modele os nhoques.

Em uma panela com 1 litro de água fervente, cozinhe-os até que subam à superfície.

Escorra e reserve.

Prepare o molho

Em uma panela, dissolva 2 colheres de chá de polvilho doce no leite de castanha frio.

Adicione a pimenta-rosa, o sal rosa e a noz-moscada e leve ao fogo, mexendo sempre, até engrossar, sem deixar ferver.

Reserve.

Prepare os cogumelos

Em uma frigideira, salteie os cogumelos no óleo de coco por dois minutos e tempere com sal.

Sirva os nhoques com o molho e finalize com os cogumelos.

Receita exclusiva da chef Alana Rox, autora do recém-lançado Diário de uma Vegana.

Nhoque de batata-doce.