Tendências para cirurgia plástica em 2019

Tendências para cirurgia plástica em 2019

Texto : Prof. Marcos Sforza , cirurgião plástico em Londres.

Mesmo com a crise político-econômica, o Brasil continua firme em sua segunda posição no ranking mundial de cirurgias plásticas, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. Com base nisso, são esperadas algumas tendências para cirurgia plástica em 2019. A busca pela beleza e pelo corpo perfeito é muito valorizada pelo brasileiro.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), no Brasil são realizadas aproximadamente 630 mil cirurgias plásticas por ano, por profissionais habilitados. A boa notícia é: as técnicas para melhorar o visual estão menos invasivas, mais seguras e mais rápidas.

 

A lipoaspiração e a mamoplastia – aumento ou redução das mamas – seguem liderando a lista de desejos, sendo essa última acompanhada de uma acentuada queda no tamanho das próteses de silicone, passando dos tradicionais 350 ml para cerca de 250 ml.

 

A grande novidade em cirurgia plástica é a preocupação em deixar as cicatrizes cada vez menores e aumentar a segurança do paciente. Esse procedimento é o que o Professor Marcos chama em sua clínica de cirurgia minimamente invasiva.

 

Enquanto entre as americanas os seios fartos são sinônimos de beleza, para as brasileiras o que está em alta é a cirurgia de redução de mama com a prótese de silicone. Muitas vezes essa cirurgia deve ser realizada em 2 estágios, para garantir que a mama naturalmente grande antes da cirurgia se pareça mais com o resultado de um prótese após.

 

O corpo de silhueta mais natural foi um movimento iniciado em 2017 e vai se manter este ano. Resultado disso é a saída de cena de bustos tão avantajados. E também relacionada aos seios, outra tendência que veio para ficar é a redução dos mamilos.

 

Mais um movimento que deve continuar em forte crescimento é a utilização da gordura indesejada – retirada por meio da lipoaspiração – para utilização em outras partes do corpo da própria paciente, causando menos rejeições. O Professor Marcos Sforza é o criador do aumento de mama híbrido, em que pequenas próteses de silicone juntamente com enxerto de gordura esculpem uma nova mama. Essa combinação cria resultados mais naturais e com menos complicações.

 

Nós acreditamos que os melhores cirurgiões plásticos sempre buscaram o resultado mais harmônico para seus pacientes. O ideal é que os outros observem que a pessoa está melhor e mais atraente, mas sem identificar exatamente o que ela fez. Hoje, as pacientes buscam justamente uma perfeição que seria a beleza natural, já que não existe nada mais belo do que a beleza natural de cada um.