O que a cor do seu cabelo diz sobre você

O que a cor do seu cabelo diz sobre você

Jacy Marioh

Visagista

 

Sua aparência é muito importante, pois ela expressa sentimentos e emoções por meio do seu estilo pessoal. Guardadas as devidas proporções, podemos fazer uma analogia com um produto que está exposto na prateleira de um supermercado. Em um contato inicial, o que vai definir se vamos comprá-lo ou não é a sua embalagem. Depois que levarmos para casa e conhecermos o conteúdo daquele produto é que poderemos dizer se ele atendeu às nossas expectativas.

 

Assim somos nós. À primeira vista, somos julgados, ainda que inconscientemente, pela nossa imagem. 

Os mais significativos estudos de personalidade observam não só a comunicação, mas a forma como nos comunicamos, de que maneira fazemos isso. Essa comunicação não verbal é feita por meio das roupas que vestimos, da cor delas, acessórios, expressões faciais, reações a estímulos diversos. E os cabelos, sem dúvida, assumem posição de destaque nessa comunicação – e por meio deles podemos observar as mudanças de humor e oscilação de personalidade de acordo com o que estamos experimentando e sentindo.  

 

Marrons e castanhos:

Esses cabelos estão presentes em todo o mundo e são os mais comuns. Isto devido à eumelanina, pigmento natural que em diferentes níveis de concentração revela várias nuances ou gradações de castanhos (chegando ao preto).

 

Morenas são tidas como elegantes e refinadas. Não existe melhor exemplo que Audrey Hepburn (eleita a mulher mais linda de todos os tempos). São mulheres sábias, calmas e afáveis, atraentes e gostam de relações duradouras.

shutterstock_110420741.jpg

 

Azul-escuro ou preto/preto fosco:

Essas mulheres são conhecidas pela discrição e inteligência, são cultas e confiantes, personalidade séria e com tendência à introspecção.

 

shutterstock_192358280.jpg

Loiros:

Cabelos loiros naturais são extremamente raros, e na História as primeiras evidências foram encontradas em 2000 a.C., em múmias na China. Observados mais facilmente em crianças, pois ao longo dos anos vai aumentando a densidade de pigmento e, consequentemente, eles escurecem. São mais encontrados no Canadá, EUA, e Europa. Loiras são extremamente divertidas, com aparência jovem e ingênua, adoram chamar atenção, muito sensuais, gostam de coisas caras e da moda.

shutterstock_1317750041.jpg

 

Ruivos:

Esses cabelos são os mais raros, encontrados mais facilmente na Europa, principalmente na Escócia (11% da população). Encontramos uma concentração maior de feomelanina nesse tipo. As ruivas são mulheres explosivas, desinibidas e com níveis de excitação elevados.

 

"As regras são feitas para serem quebradas, e a vida é uma só, por isso deve ser vivida em sua plenitude", esse parece ser o lema dessas mulheres. Nos séculos XVI e XVII, não era apropriado ser ruiva, pois eram acusadas de bruxaria e muitas morreram queimadas em fogueiras. Acreditava-se ainda que elas se tornavam vampiras após a morte.

shutterstock_120308890.jpg