Pago para viajar e ouvir a história dos outros.

Pago para viajar e ouvir a história dos outros

Ser pago para viajar 200 dias, em todo o mundo, para ouvir e filmar histórias de influenciadores inspiradores, é possível?

O Produtor de Conteúdo e Jornalista brasileiro Marcio Delgado disse sim a uma ambiciosa campanha de Marketing de Influência em 2017, deixando sua base em Londres para viajar com uma pequena equipe para mais de 20 países em vários continentes. 18 meses depois – o projeto já rendeu mais de 100 histórias em vídeo e diversos prêmios.

1.Como você acabou entrando em um projeto tão longo?

Eu estava cobrindo o Festival de Cannes em maio de 2017 quando recebi um telefonema da RDB | Robin des Bois, uma agência internacional de mídia focada em campanhas digitais de marketing de influência para milenials. Eles estavam trabalhando no conceito e na aprovação da campanha #LiveMoreShareMore por um tempo e, assim que receberam o sinal de OK do cliente, a Western Union® - líder global em envio de moedas ao redor do mundo – eu estava a bordo do projeto como Produtor e caça-talentos.

 

2. Como os influenciadores digitais filmados foram selecionados?

Foi um trabalho em equipe, misturando pesquisas da equipe da RDB, sugestões do cliente e vasculhando as redes sociais. Algumas pessoas que inicialmente selecionamos não estavam disponíveis para filmar devido a compromissos anteriores quando começamos a viajar para gravar as histórias; alguns novos nomes surgiram à medida que avançamos com o estágio de pré-produção. Até que batemos o martelo com nomes como Nuseir Yassin, criador do canal de vídeos diários de um minuto @nasdaily que sempre viraliza; A fotógrafa romena Mihaela Noroc, autora do best seller “O Atlas da Beleza”; a cantora americana Tionne Watkins, mais conhecida como a T-Boz do grupo TLC que já ganhou quatro Grammys; A Youtuber Maria @LaCooquette e o explorador Canadense Mario Rigby - que cruzou a África a pé por um período de dois anos. Até chegar nas 25 pessoas que aparecem na campanha, analizamos milhares de pessoas e perfis na internet com histórias incríveis.

 

3.E quais foram os maiores desafios de filmar sem parar por meses a fio?

Quando se trata de produção, você só pode planejar e ter controle até um certo ponto, o resto são as variáveis. Durante as filmagens, passamos por um grande terremoto no México, além de tempestades nas ilhas Filipinas e temperaturas de até 47 graus Celsius na Índia, apenas para citar algumas situações que eram inevitáveis. Os fusos horários também são um desafio a parte, não é fácil sincronizar com a equipe de edição quando eles estão na Áustria, o cliente nos Estados Unidos, e você está filmando na Ásia.

 

4. Como foi mantida a consistência de 100 vídeos filmados ao longo de mais de um ano?

Ser capaz de trabalhar com a mesma equipe na estrada, durante todo o processo de filmagem, foi um grande bônus. Desde o início, o diretor de cinema alemão, Rainer Frick, foi cotado para o projeto. Em seguida, trouxemos um assistente de filmagem, Jan Pilny. E fez sentido reorganizar minha própria agenda, como Gerente de Conteúdo Global na RDB, e me juntar a eles nas filmagens pelo mundo a fora, afinal, nesse ponto, eu já havia falado tantas vezes com cada um dos influenciadores contratados para a campanha. Enquanto isso, na Áustria, uma equipe de editores, redatores e gerentes de projeto também trabalhou 24 horas por dia para publicar episódios semanais de uma campanha que começou em 2017 e ganhou mais de 10 prêmios globais por conteúdo digital e storytelling em 18 meses. O vídeo número 100 foi publicado agora em abril.

 

5. Das 100 histórias em vídeo, qual a sua favorita?

É difícil dizer porque levou mais de 200 dias de viagens e filmagens para gravar todo o conteúdo, isso durante 18 meses. Quando você olha para trás, algumas histórias que você realmente gosta estão diretamente ligadas ao seu próprio humor durante as filmagens. Eu adorei ter passado três dias com a Cat Zingano, uma mãe solteira americana e lutadora de artes marciais nos EUA; Também foi muito interessante seguir, por vários dias na India, Ankit Kawatra, o fundador da ONG Feeding India – quando ele tinha 20 e poucos anos, Ankit decidiu largar tudo para acabar com a fome no seu país. Quatro anos depois, ele agora tem uma rede de mais de 8.500 voluntários ativos em mais de 65 cidades indianas e já serviu mais de 20 milhões de refeições para crianças na escola.

 

6.Todo esse trabalho valeu a pena? 

Sim, porque além de mais de 10 prêmios por Conteúdo digital e Storytelling, o sucesso da campanha #LiveMoreShareMore da Western Union® também pode ser medido em números; Nos primeiros três meses da primeira temporada, os vídeos publicados alcançaram mais de 132 milhões de pessoas e aumentaram o engajamento social da Western Union em 65%. O projeto nunca foi sobre influenciadores com milhões de seguidores ensinando pessoas on-line a aplicar maquiagem. Ele teve mais profundidade e nós exploramos tópicos universais como herança cultural, empreendedorismo, viagens, família, diversidade e empoderamento feminino. Só isso, independentemente de qualquer análise, é uma conquista: quando você faz com que as marcas globais aborden assuntos que realmente importam.

7.Que influenciadores estão na sua lista de desejos para trabalhar em projetos futuros?

Começamos conversas em 2017 com Jay Shetty, contador de histórias e criador de conteúdo viral, mas infelizmente nossos cronogramas de produção não estavam alinhados. Ele é inspirador e espero trabalhar com ele em algum momento. Eu também gosto do conteúdo do autor Sean Buranahiran, mas, novamente, ele é um daqueles influenciadores modernos cujas negociações no ano passado não progrediram muito depois de um contato inicial para uma colaboração. Ele ainda está na minha lista de pessoas com as quais eu ainda quero trabalhar no futuro.

 

8. Qual a melhor dica enquanto se filma no exterior?

Esteja pronto para o inesperado. Traga guarda-chuvas e um casaco, mesmo que a previsão do tempo prometa um sol forte. Coloca protetor solar na mala para você e sua equipe, mesmo que seja quase certo de que será um dia nublado de inverno. Eu vi mudanças climáticas tão absurdas nestes 18 meses, alguns dias tivemos quase quatro estações no mesmo dia em países que filmamos.

 

9.O marketing de influência ainda é relevante para as marcas depois que foram descobertos tantos ‘influenciadores’ comprando seguidores e falsificando popularidade?

O Marketing de influência continua relevante porque oferece um retorno de investimento muito maior do que o marketing tradicional. Marcas e agências estão ficando espertas para identificar criadores de conteúdo bons e confiáveis para trabalhar e, ao longo do tempo, os resultados são a melhor ferramenta para definir o sucesso de uma campanha, independentemente do nicho de uma marca. Os números não mentem. Mesmo que um influenciador consiga driblar a primeira avaliação de uma equipe de marketing, mentindo sobre o seu alcance e engajamento reais, assim que os relatórios forem divulgados, eles serão eliminados - e o cliente não vai mais querer trabalhar com essa pessoa em uma futura estratégia de marketing.

10.O que uma empresa deve verificar antes de começar a trabalhar com um influenciador?

Já foi exaustivamente dito, mas marcas e agências às vezes esquecem o básico: não se deixe ser influenciado pelo número de seguidores que um influenciador tem; em vez disso, estude seu envolvimento e dados demográficos. Depois de entrar em contato com pessoas com quem você realmente quer trabalhar, ser direto ajudará a poupar muito tempo, por isso nunca tenha medo de fazer as perguntas certas, como preços cobrados e quanto tempo um influenciador leva para criar um conteúdo. Dependendo das respostas, você saberá imediatamente se esse determinado criador de conteúdo se adequa à sua estratégia de marca e ao seu orçamento.

 

Onde assistir: 

livemoreshare+more+.png

Todos os episódios da campanha #LiveMoreShareMais são publicados nos canais sociais da Western Union, incluindo o Facebook e YouTube. 

Para o blog dedicado ao projeto https://www.westernunion.com/blog/sharemore/#westernunion   

Para ler mais sobre influenciadores digitais, visite:

 www.workingwithinfluencers.com