Proteínas

PROTEÍNAS


Proteínas são moléculas orgânicas compostas de aminoácidos que auxiliam no crescimento e na reparação de tecidos, ajudam na produção de enzimas, hormônios, neurotransmissores e anticorpos.

As proteínas têm papel fundamental no funcionamento do nosso organismo, mas o excesso do consumo de alimentos ricos em proteínas pode sobrecarregar o fígado e os rins, além de obstruir as artérias e provocar o aumento do colesterol.

Outra desvantagem em só comer proteínas ou aumentar o seu consumo no dia a dia sem uma orientação profissional é o fato de o corpo perder muita água.

As proteínas exercem várias funções no corpo humano:

Função Defesa:

As responsáveis pela coagulação do sangue e prevenção de perda sanguínea em caso de cortes e ferimentos são as proteínas de defesa, como a trombina e o fibrinogênio;

Função Reguladora:

Como proteínas reguladoras de atividades metabólicas temos os hormônios. A insulina é um exemplo, pois é a responsável por regularizar a glicemia, ou seja, regular a taxa de glicose no sangue;

Função Nutriente:

Muitas proteínas têm função nutriente, como a albumina do ovo;

Função Estrutural:

Entre as proteínas estruturais (as que proporcionam maior consistência e elasticidade aos tecidos), destaque para o colágeno (constituinte da cartilagem), fibrinogênio (presente no sangue), a queratina (presente nas unhas e nos cabelos) e a elastina (presente na estrutura da pele);

Função Transportadora:

As proteínas encontradas nas membranas plasmáticas e

intracelulares transportam substâncias como aminoácidos e glicose por meio das membranas celulares. Já a hemoglobina presente nos glóbulos vermelhos transporta oxigênio para os tecidos;

Função Enzimática:

Grupo mais variado de proteínas.

As enzimas são capazes de catalizar reações químicas e a sua função depende de sua estrutura.

Acreditava-se que cada enzima (mais de 2.000 são conhecidas) era capaz de catalisar apenas um tipo de reação química. No entanto, segundo pesquisas recentes, algumas enzimas podem catalizar diferentes reações químicas.

Complementando as funções de algumas proteínas:

- Colágeno: proteína de alta resistência, encontrada na pele, nas cartilagens, nos ossos e tendões;

- Actina ou Miosina: proteínas contráteis, abundantes nos músculos, onde participam do mecanismo da contração muscular;

- Queratina: proteína impermeabilizante encontrada na pele, no cabelo e nas unhas,possui propriedades que evitam a dessecaçãoe;

- Albumina: proteína mais abundante do sangue, relacionada com a regulação osmótica e com a viscosidade do plasma (porção líquida do sangue).

Existem dois tipos de proteínas, as de origem animal e as de origem vegetal. As proteínas de origem vegetal são encontradas em cereais, soja, leguminosas e oleaginosas.

Abaixo, alguns alimentos e suas propriedades:

Soja – Proteína de alta qualidade indicada para crianças, adultos e pessoas que seguem dietas especiais ou que possuem sensibilidade aos produtos lácteos.

Também bem aceita por vegetarianos.

A soja contém vitamina B12, nutriente essencial para a prevenção de anemias.

Amendoim – Atua na melhora da circulação do sangue e no desaceleramento do processo de envelhecimento e é uma ótima fonte de energia, devido a sua quantidade de gorduras e calorias (100g de amendoim possuem 606 kcal).

Texto : nutricionista Amanda

Fonte de pesquisa : Protein folding myfolding and disease. British Libray

Análises de RNA, Proteínas e Metabólitos, Biologia

ESTUDO DA DESPESA FAMILIAR. Tabela de Composição de Alimentos, Rio de Janeiro. 2011. 216p