Micropigmentação Paramédica na Mama

Micropigmentação Paramédica na Mama

Roseane Shekinah

 

Olá! Nesta edição eu trago um assunto que transcende o mundo da beleza.  Esse tema vai muito mais além do que podemos chamar de beleza estética.  Eu chamo de um ato de amor… vamos falar de Micropigmentação Paramédica, um procedimento nas auréolas – a pequena área circular que envolve o mamilo.

 

Esse procedimento é usado na maioria dos processos de mastectomia devido ao câncer de mama. Trata-se de uma reconstrução das auréolas mamárias que são retiradas durante a cirurgia.  Usamos pigmentos na pele para redesenhar a auréola.

 

Apesar da Micropigmentação Paramédica ser mais usada por pessoas que sofreram mastectomia (reconstrução mamária por câncer), mamoplastia (aumento da mama) ou mastopexia (redução da mama), ela também é usada pelos que se sentem descontentes com suas auréolas, por acharem muito claras ou pequenas.

 

Nos procedimentos de Micropigmentação Paramédica, a auréola é redesenhada. O procedimento, delicado porém não doloroso, já que a maioria dos  pacientes não tem sensibilidade no local, deve ser efetuado sempre por um profissional devidamente treinado na área de Micropigmentação Paramédica.  Grande parte dos pacientes requerem um tratamento inicial seguido de uma segunda consulta para garantir a construção da cor ideal do pigmento.  Tratamentos de acompanhamento no futuro podem ser necessários se o pigmento desaparecer. As escalas de tempo para atualizações futuras variam de pessoa para pessoa.  A Micropigmentação Paramédica não é um procedimento definitivo. Em média deve ser realizado novamente a cada 1 a 2 anos, dependendo de pessoa para pessoa. Usamos um pigmento semipermanente próprio e seguro para pacientes com pós-reconstrução mamária. Esse pigmento é extremamente delicado, por isso desaparece com o tempo.

O objetivo da micropigmentação de mamilos e auréolas é melhorar a aparência estética da mama e a autoestima dos pacientes.  A satisfação do cliente é garantida, mas o sucesso do tratamento dependerá de fatores como tipo de pele e método usado para o procedimento. O resultado é um efeito 100% positivo de melhora da imagem corporal, elevando assim a autoestima da pessoa. 

 

E para nós, profissionais, temos a felicidade de ajudar num pós-operatório sem dúvida complicado para a pessoa. Poder dividir cada lágrima de felicidade do paciente após ver o resultado é algo inexplicável. 

 

Até a próxima edição.

maxresdefault-13.jpg