Alimentos que emagrecem dormindo.

Alguns fazem com que tenha menos apetite de manhã e ataques de fome ao longo do dia — palavra de nutricionista.

Num mundo perfeito seria possível perder peso durante o sono. Sim, enquanto não faz nada. Prepare-se: pode acontecer. Basta escolher os alimentos certos. Alguns ajudam a dormir melhor e, ao mesmo tempo, potenciam a queima de gordura e outras vantagens durante o sono.

Isto acaba com uma teoria que assombra quem começa a seguir uma dieta: a ideia de que comer antes de dormir aumenta as reservas de gordura e provoca o aumento de peso. É claro que isto pode acontecer se optar por batatas fritas e os doces.

O truque está em escolher opções de baixo índice glicémico. Ou seja, que promovem uma digestão mais lenta e libertam menos açúcar no sangue, o que quer dizer que não vão criar picos de glicémia no sangue.

Segundo a nutricionista Bárbara de Almeida Araújo, normalmente, privilegiam-se alimentos com proteína de alto valor biológico e ricos em gorduras boas e fibra.

“Assim, além de ter uma boa noite de sono, tem menos apetite de manhã e menos ataques de fome durante o dia”, explica à NiT a autora do blogue “Manias de Uma Dietista“.

Carregue na galeria para conhecer oito alimentos com estas características.

aveialaminada2.jpg

Aveia

É rica em fibra, proteína e crómio, um mineral que ajuda a regular os níveis de glicémia e ainda é uma boa ajuda na redução de gordura. No fundo, "é uma boa opção para aqueles que gastam mais calorias ao longo do dia". O ideal é comer uma a duas colheres de sopa ao deitar.

nuts-copie.jpg

Frutos oleaginosos

Nozes, castanha do Brasil, amêndoas, caju. Todos eles são ricos em gordura que ajuda a atrasar a digestão, evitando que acorde com fome. Além disso, promovem a saciedade e regulam a parte hormonal.

1089357.jpg

Canela

"Este alimento ajuda a controlar os níveis de glicémia e ainda pode ajudar na queima de gordura", revela a nutricionista. Pode adicionar a canela ao iogurte natural ou ao queijo quark, criando um bom snack para comer antes de dormir. Além disso, a canela também é rica em triptofano — um percursor da serotonina, responsável por baixar os níveis de stress. Por isso, também ajuda a dormir melhor.

Manteiga de amendoim

Pirulitos-de-manteiga-de-amendoim-.jpg

A manteiga de amendoim é uma boa fonte de proteína, gorduras boas e fibra. Para tirar proveito destes benefícios, deve adicionar uma colher de sopa a um iogurte grego, por exemplo, para retardar a absorção da proteína. Deste forma, "otimiza a construção muscular durante o sono e, ao mesmo tempo, aumenta o dispêndio energético". No fundo, queima calorias sem ter de fazer nada. Uma outra opção é barrar rodelas de maçã (com casca, pois é onde está a maior parte da fibra) com manteiga de amendoim.

Iogurte magro

nutricao-joyce-iogurte-2.jpg

O iogurte magro também é rico em caseína, a proteína de lenta absorção que ajuda a criar saciedade. Por isso, é um alimento em que devemos apostar para comer à noite. Pode combiná-lo com flocos de aveia integrais, que são uma fonte de fibras, hidratos de carbono de baixo índice glicémico e proteínas.

ovo-dieta.jpg

Ovo

O ovo é rico em proteína de alto valor biológico e triptofano. Portanto, é uma bela opção para evitar o catabolismo (quando a energia é degradada em unidades menores). Ao mesmo tempo, melhora a qualidade do sono e aumenta a produção da hormona do crescimento, "que é importante para a síntese de massa muscular". A nutricionista sugere que, antes de ir dormir, experimente comer um ovo com quatro nozes.

Chá-de-Hortelã-1.jpg

Chá de hortelã

À noite deve optar pelo chá de hortelã que não só é digestivo como ajuda o corpo a eliminar toxinas. Mas há mais: também tem propriedades calmantes, ajudando a aliviar o stress e a dormir melhor.

Fonte : https://nit.pt/fit/alimentacao-saudavel/8-alimentos-que-ajudam-a-dormir-melhor-e-a-emagrecer