Após Brexit, Europeu não terá privilégios.

A relação entre imigração e comércio , infelizmente não teve a atenção devida que necessitava nos acordos até o momento.

As negociações entre Reino Unido e Comunidade Européia , continuam com várias falhas, o cidadão europeu não terá os mesmos privilégios imigratórios após Brexit, mesmo já tendo sido comprovado que os europeus contribuem £2.300 a mais que um britânico aos cofres públicos.

Os acordos até o momento só favorecem trabalhadores altamente qualificados , os menos qualificados continuarão sendo restringidos. As opiniões dividem o parlamento e a primeira ministra deixou bem claro que os direitos de não europeu e europeu serão os mesmos .

O Secretário Sahid Javid quer impor limites para imigrantes européus e não europeus . Já o Chanceler Phillip Hammond argumenta que europeus tem que ter tratamentos preferenciais.

Assim seguem as negociações, vamos torcer para que que eles cheguem a um consenso o mais rápido possível e que ambos os lados sejam justos em suas decisões.