Tipos mais frequentes de Câncer .

Tipos mais frequentes de câncer

 

O câncer é uma doença universal, presente em toda raça humana, com distribuição e frequência determinadas por fatores ambientais e sociais de cada região do planeta. De uma forma geral, o câncer de pele, não melanoma, é o mais frequente em todos os povos. São lesões decorrentes de exposição ao sol que surgem como uma descamação que evolui para úlcera, porém tem baixa agressividade e é facilmente tratado com a remoção cirúrgica. O câncer de mama vem a seguir; presente em 99% dos casos só entre as mulheres, apresenta mortalidade reduzida em países desenvolvidos. O câncer de pulmão incide em ambos os sexos e representa a doença neoplásica com melhor resposta à prevenção. A patologia na próstata acomete principalmente homens acima de 40 anos e possui excelentes resultados prognósticos na atualidade, com tratamentos conservadores de baixa agressividade. No aparelho digestivo o estômago é o órgão mais acometido universalmente, porém em paises desenvolvidos o segmento cólon e reto se apresenta com maior frequência no desenvolvimento da doença. O câncer do colo uterino ainda se situa como um dos mais incidentes em países em desenvolvimento devido a condições sociais precárias, porém com a introdução de vacinação de jovens contra o vírus que mais promove a doença no local deve reduzir a sua presença. Outras neoplasias se distribuem com frequências semelhantes por todo o planeta.

O modelo de prevenção mais eficaz começa com o bem- estar geral que cada indivíduo deve procurar, adaptando-se aos padrões individuais que não se transferem e não devem ser copiados por ninguém. A utilização de filtro solar em regiões ensolaradas reduz a maioria dos tumores do nosso corpo em nosso maior órgão, a pele. Uma dieta balanceada, diversa e sem extremismos, lembrando que somos animais onívoros, isto é, devemos ingerir vegetais e carnes, constitui um saudável hábito para desviar do processo oncológico. Evitar alimentos queimados, eliminar o cigarro e ingerir bebidas alcoólicas com moderação são outros comportamentos consagrados na prevenção do câncer.

Um elemento que revolucionou a prevenção das doenças de forma geral e em especial o câncer foi a redução dos preconceitos e derrubada de mitos que ocorreram nas últimas duas décadas, quando então pudemos falar abertamente sobre tudo, aliado aos avanços tecnológicos com modelos terapêuticos eficazes. Isso reduziu o medo de ter câncer, e as pessoas passaram a procurar por controles laboratoriais com mais frequência, detectando a doença em fase inicial, o que promoveu a redução da sua mortalidade. Isso é a essência da prevenção.

 

Texto : Dr. Guilherme , Mastologista.