Maternidade : A dor e a delícia de ser o que é .

Maternidade: A dor e a delícia de ser o que é.

 

Katia Kauffman Pessa

 

 

Nasci com o dom de sangrar. Toda mulher traz em si a eternidade a lhe preencher o ventre e a espada a lhe atravessar a alma. Carregar a beleza de gerar eternidade e ao mesmo tempo ser atravessada pelo cotidiano, aí repousam a dor e a delícia de ser mãe. Transformações que acontecem em nosso corpo e em nossa vida. E quando estamos prontas para a aventura?

 

Ser mãe é uma escolha. Uma vez feita, cada mulher carrega em seu ventre o privilégio de construir a vida para além de si mesma.

Para muitas de nós a vida vai seguindo um fluxo com desafios de construir uma condição de estabilidade antes. O tempo coloca seus limites e o relógio biológico... tic-tac. A hora de ser mãe chegou pra você aos... aos 40! Foi assim na vida de Magda, que após a carreira de mulher de negócios teve uma mudança de atividade profissional significativa e encontrou, junto com seu parceiro, Fred, beleza para ser mãe em Elias, hoje com 1 ano e 9 meses.

 

E assim o tempo vai se refazendo. E nessa contação de histórias, somos todas mulheres rendeiras. Colocamos o fio da vida no centro da roda e vamos tecendo a nossa maternidade, em diferentes idades. E a cada delícia vivemos também as nossas dores, carregando a eternidade em pequenos pacotinhos de gente. Bem-vinda à roda!

 

 

Psicóloga Clínica

www.katiakauffman.com.br