Dicas para eliminar as dívidas de uma vez por todas 

Dicas para eliminar as dívidas de uma vez por todas 

Dicas para eliminar as dívidas de uma vez por todas 

Por Dra. Síbia Keila 

Se as dívidas tem tirado seu sono e te deixado com muitas dores de cabeça é porque você não está lidando da melhor forma com seu dinheiro. Então, fique alerta! 

Já passou da hora de você tomar algumas atitudes para eliminar todas as dívidas. 

Por isso, hoje eu quero te apresentar um pequeno guia para que você consiga organizar e equilibrar o seu orçamento. 

Antes mesmo de cair na armadilha de utilizar o cheque especial ou pagar o mínimo do cartão de crédito, verifique no banco se você não possui algum dinheiro na poupança ou mesmo aquele dinheiro que foi esquecido no título de capitalização. 

Vamos lá? 

Dica 1. É necessário aprender a fazer um orçamento doméstico o mais rápido possível. Por meio dele você visualiza e conhece melhor a situação financeira. 

Portanto, mapeie o ser orçamento para visualizar onde você está gastando o seu dinheiro. Elimine todos os desperdícios de seu orçamento para fazer sobrar dinheiro no final do mês. 

Ter consciência e assumir o problema é o primeiro passo! 

Dica 2. Se você possui diversas dívidas, o mais importante não é o valor da dívida em si, mas saber qual é a sua real capacidade de pagamento. Por isso, a importância de efetuar o monitoramento de seu orçamento entra aqui também. 

Efetue o levantamento de suas dívidas e elimine as que possuem as maiores taxas de juros. Depois avance para a dívida seguinte até chegar à última dívida. 

Renegocie cada uma delas e livre-se de todas aos poucos. Sem pressa, com calma e muita responsabilidade. 

Por meio desse planejamento você será capaz de fazer novas dívidas para realizar os seus sonhos de curto, médio ou longo prazo ou até mesmo pagá-los à vista. 

Dica 3. Com a sobra em seu orçamento e as dívidas eliminadas, crie um fundo de emergência. Poupe dinheiro até chegar o valor de seis ou doze meses de seus gastos mensais. 

Afinal, uma despesa inesperada pode comprometer todo o seu plano! 

Dica 4. Antes mesmo de cair na armadilha de utilizar o cheque especial ou pagar o mínimo do cartão de crédito, verifique no banco se você não possui algum dinheiro na poupança ou mesmo aquele dinheiro que foi esquecido no título de capitalização. 

Quem sabe esse dinheirinho esquecido pode te ajudar a ter uma preocupação a menos, não é mesmo? 

Dica 5. Defina quais são os seus objetivos de curto, médio e longo prazo. São seus sonhos que irão nortear o seu orçamento e fará com que você deixe de gastar com itens supérfluos. 

São os seus objetivos que te ajudarão a refletir sobre quais os rumos que você quer para sua vida e, também te darão forças para enfrentar todas as adversidades que podem aparecer ao longo do caminho. 

Comece já e alcance os seus sonhos depressa.

9953.jpg