Campanha racista da H&M gera polêmica e cancela parceria

Campanha racista da H&M gera polêmica e cancela parceria

 

A marca  de  Fast Fashion H & M foi notícia durante essa semana inteira  na internet por causa de uma campanha da marca considerada racista. 

Na campanha vinculada no site da marca dois garotos, um negro e outro de pele  branca aparecem vestindo moletons da nova coleção. No moletom que o garoto negro vestia tinha a seguinte frase " “Coolest monkey in the jungle”  que  traduzindo para o português significa " O macaco mais cool da floresta", já no moletom do garoto branco a frase era a seguinte na tradução   " Especialista em sobrevivência"  o que gerou uma verdadeira comoção, artistas e pessoas públicas se manifestaram contra a campanha publicitária.

Imagem : Google 

Imagem : Google 

O colunista do The New York Times, Charles Blow viu a campanha e levantou a questão com uma publicação no Twitter que imediatamente se tornou um dos assuntos mais comentados no mundo inteiro. 

A H&M enviou uma nota para a imprensa pedindo desculpas, tirou a campanha do site e removeu todas as peças da coleção das lojas do mundo inteiro. 

O cantor The Weeknd que também é negro  e  lançou recentemente uma coleção cápsula em parceria com a H&M anunciou que não fará mais nenhum projeto com a marca e que está envergonhado e ofendido. 

maxresdefault.jpg

Acima um pouco da campanha e parceria do cantor com a marca.