A Múmia, vale a  pena assistir!

Um filme de ação , aventura e fantasia da Universal Pictures - filmado em Oxford, Londres e Namíbia.

Do início ao fim do filme, rolam cenas explosivas com uma mega produção e qualidade fotográfica.

O roteiro aborda temas antigos, vivenciados desde o auge da Mesopotâmia (do Grego: entre rios, uma das primeiras civilizações da antiguidade. Foi na Mesopotâmia que se desenvolveram a vida urbana e a escrita). Temas como: - a busca da maldade para se obter poder - (temas antigos??)

Fora alguns monstros horripilantes, o elenco é belíssimo: Tom Cruise (Nick Norton) apresenta seu corpo escultural que, junto ao rostinho de garoto maroto, faz do protagonista um malvado muito sedutor; Sofia Boutella (princesa/múmia Ahmanet) revela o encanto exuberante da mulher oriental sendo destruído pela obsessão em obter poder; e a atriz Annabelle Wallis (arqueóloga Jenny Halsey), uma típica européia que atrás de um rosto angelical encontra-se uma malvadinha que também luta contra o poder cruel.

Uma das cenas mais impressionantes do filme é a de um avião sendo destruído, quase que desmanchando-se, em pleno ar!

É possível logo após assistir o filme  ter a  impressão de que existe um pouco da princesa Ahmanet em cada mulher da nossa civilização. Não com a grandeza da crueldade de uma ficção cinematográfica, é claro, mas como uma implícita reação ao estímulo social que, em alguns momentos, retira os direitos femininos quando aparece um candidato masculino na disputa pelo poder. Profunda ou não, esta revelação um dia pode vir à tona e, ao surgir, pode transformar um ser para o bem ou para o mal. Será?

 

Colaboradora : Simone Sabedot