Saiba tudo sobre o trabalho de uma Doula na Inglaterra

Saiba tudo sobre o  trabalho de uma Doula na Inglaterra

 

Entrevista com Suzan Correia,  Midwife, Pregnancy Birth & Beyond Coach, Breastfeeding Consultant and Doula.

A palavra Doula significa ‘ mulher que serve’ e vem do grego. A doula é uma profissional que tem conhecimento e experiência sobre a gestação, parto e pós-parto sendo assim podem oferecer a gestante o apoio e assistência emocional e física orientando e guiando a gestante e seu parceiro (a) a alcançarem o que almejam durante a gestação, parto e pós-parto.

Antigamente as mulheres eram acompanhadas em seus partos somente por mulheres como mãe, irmãs, tias, avos, parteiras e o parto era um evento somente de mulheres e na maioria dos casos aconteciam em ambientes residências. Isso trazia a parturiente muita segurança e conforto, pois ela está  cercada de mulheres  para lhe dar assistência, cuidados e o acolhimento necessário neste período. O papel da Doula não é diferente.

A doula tem um papel fundamental na solidificação de conhecimentos e no auxilio para a gestante ter acesso a informações valiosas que irão facilitar as escolhas, a conscientização e o empoderamento durante todo o período da gestação para que o parto e o período pós-parto sejam tranquilos e como desejado.

 Como funciona o trabalho de uma doula?

Todas as Doulas tem uma forma especial e particular de trabalhar, porém, todas  tem o mesmo objetivo: servir a mulher e oferecer o acolhimento. Existem várias maneiras de exercer o trabalho de doula. Existem as doulas que fazem de tudo como o acompanhamento durante a gestação, parto e pós-parto, assim também como doulas que fazem somente um ou outro serviço como, por exemplo, doulas pós-parto. Acredito que cada Doula com o passar do tempo dentro da profissão encontra sua área de conforto aonde ela se identifica mais e consegue solidificar mais seus conhecimentos sendo assim podendo auxiliar a gestante da melhor forma possível.

A Doula tem um papel muito importante durante a gestação  onde ela orienta o casal sobre o que esperar do parto e pós-parto passando informações, dando indicações de leituras essenciais na gestação assim também como indicações de cursos e etc. A Doula também auxilia e ajuda o casal a elaborar o plano de parto- documento essencial para todas as gestantes.

No momento do parto o papel da Doula também e muito importante, ela funciona como um escudo da mulher a protegendo de tudo que possa vir a tirar o seu foco. Ela ajuda a parturiente a encontrar posições mais confortáveis para o trabalho de parto e parto, mostra formas eficientes de respiração e propõem medidas naturais que podem aliviar as dores, como banhos, massagens, relaxamento, aroma terapia, o uso da banheira, algumas podem oferecer o uso do Rebozo entre outros métodos eficazes de alivio a dor.

No período do pós-parto a Doula faz visitas à nova mamãe oferecendo apoio especialmente em relação à amamentação e cuidados com o bebê.

Vale ressaltar aqui que em momento algum a Doula irá substituir  o pai (ou o acompanhante escolhido pela mulher) durante o trabalho de parto, muito pelo contrário o pai muitas vezes não sabe bem como se comportar naquele momento, pois em muitas vezes se sentem inúteis e devido à preocupação com a mulher e seu bêbe acabam deixando eles mesmo de lado. A Doula tem um papel fundamental no auxilio e inclusão do pai neste quadro facilitando e auxiliando o companheiro assim como a gestante.

2- Como é ser doula? (o lado bom e ruim da profissão)

Acredito que ser Doula é algo muito gratificante e obviamente um privilégio., poder estar com a mulher em um momento tão mágico, forte e único na vida dela não existem palavras para descrever tal sentimento é muito gratificante e emocionante. Poder auxiliar a fazer a diferença na vida de um casal no momento em que estão trazendo seu bêbe ao mundo envolve muito amor e muita dedicação à profissão. Porém, como toda profissão existe um lado ruim, no meu ponto de vista o lado ruim é quando por alguma eventualidade o parto não sai como a mulher desejou e planejou e isso cria um trauma. Acredito que este seja a pior coisa do trabalho de doula, pois muitas vezes por situações adversas as coisas não ocorrem conforme planejado e desejado. 

3- Qual a diferença da doula para o médico obstetra?

Muito importante explicar esta diferença para que não haja confusão. Um profissional não substitui o outro.

A Doula não faz nenhum procedimento técnico ou clinico, ou seja, não faz exames, não discute resultados, não fazem diagnósticos, não faz parto assim como também não é sua função discutir procedimentos com a equipe ou questionar decisões. A Doula  faz parte de todo o processo acompanhando, aconselhando, auxiliando, acolhendo e respeitando a gestante. A Doula tem um papel essencial e único dentro do quadro obstétrica sendo uma profissional que pode trazer a gestante a segurança que ela almeja muitas vezes e não consegue encontrar no ambiente hospitalar ou mesmo em outros profissionais.

O obstetra  ou no caso aqui na Inglaterra a Midwife é  a profissional de saúde que irá fazer todos os procedimentos clínicos, discutir planos, discutir resultados de exames assim como pedir exames, faz exame de toque, o parto, oferece tratamento, entre outras proficiências clinicas que não cabe a Doula executar.

4- Como a doula pode ajudar na preparação para mulheres que estão se programando para engravidar?

Como citado anteriormente o papel da Doula é de servir., não existe um protocolo para a Doula de como exercer seu papel, a  função é de acolhimento seja quando e como for. A mulher que esta pensando em engravidar e considera ter uma Doula, pode desde o início do planejamento  procurar uma Doula para poder ter esta conexão com o mundo da gestação/maternidade assim como pode receber informações valiosas . A Doula oferece suporte físico e emocional e muitas vezes devido à experiência ou mesmo por terem outras profissões a Doula pode oferecer a mulher outros tipos de serviços. Existem doulas que são psicólogas, terapeutas, massagistas, fisioterapeutas, homeopátas entre outras profissões e isso pode trazer muito conforto emocional para uma mulher, pois ela saberá que não estará desamparada e poderá também contar com outras habilidades que uma Doula pode oferecer. O essencial é a mulher ter a conexão com a Doula ,  se sentir segura, acolhida e ter confiança na profissional que vai atendê-la. Apoio é algo que faz parte, assim como a Doula e obviamente e essencial neste período.