Síndrome de Burnout Materno : saiba mais sobre a síndrome que afeta as mamães

Síndrome de Burnout Materno : saiba mais sobre a síndrome que afeta as mamães

Sentimentos de exaustão e tristeza são sintomas da síndrome de burnout materno e afeta as mamães no período pós- parto, uma fase cansativa e que exige muita renúncia para se dedicar 24 horas por dia aos cuidados do bebê. 

A chegada de uma criança é uma fase muito esperada e que todos imaginam que será só de felicidade e novidades, no entanto o estresse e as renúncias que vem junto com o pós- parto pouco são  falados , mas nada que com ajuda de familiares e profissionais essa fase não possa ser superada. 

Em algumas pessoas o sentimento  de exaustão é mais intenso  e acaba se tornando uma tristeza muito grande, sensação de anulação, apatia, esquecimento, taquicardia e brigas constantes com o parceiro se transformando em um quadro de síndrome de burnout materno. 

A síndorme de bournout era considerada anteriormente, como um esgotamento profissional mas  nos últimos 10 anos começou a ser estudada e ter uma abordagem também voltada para a maternidade, considerando que também existe um alto nível de estresse, assim como no mundo corporativo, no período pós- parto. 

Segundo psicólogos a maioria das mulheres chegam ao esgotamento porque se espera que elas estejam preparadas para serem mães, profissionais e donas de casa, elas não dão conta e tem medo de externar esses problemas e serem julgadas. 

As crianças também sofrem e é o que mais preocupa,  já que a mãe com síndorme de burnout perde o interesse e fica bastante irritada com relação aos filhos, o que afeta o desenvolvimento físico, mental e social da criança. 

A melhor forma de evitar ou combater a síndrome é procurar profissionais que possam ajudar e dar apoio como psicólogos, psiquiatras e doulas, além do apoio da família e amigos.