marilia Maciel1 Comment

Grávida na Inglaterra: E agora?

marilia Maciel1 Comment
Grávida na Inglaterra: E agora?

A matéria de hoje foi escrita pela colaboradora  Suzan Correa – Midwife, Doula, Educadora Perinatal e Consultora em amamentação em Londres.

Na Inglaterra o sistema obstétrico, pré-natal, parto e pós-parto acontece  de uma maneira muito diferente do Brasil, ao contrário do que muitas mulheres estão acostumadas , aqui  não tem um  médico obstetra cuidando dela do começo da gestação até o parto, muito pelo  contrário na Inglaterra não será o obstetra quem irá fazer todos os procedimentos até o parto , mas  as Midwives, no Brasil conhecidas como parteiras.

 Imagem: Google

Imagem: Google

O médico somente entra em cena em casos de gestação de alto risco, cesariana ou parto normal assistido, quando o uso de intervenções (como ventosa e fórceps) seja necessário na hora do parto.

O primeiro passo quando uma gravidez é descoberta será imediatamente procurar o seu General Practitioner (GP) e informá-lo da gestação, se possível isso deverá acontecer antes da 12ª semana de gestação.

 Uma vez que seu GP foi informado, o encaminhamento é feito  para  o hospital/maternidade de escolha da gestante . Após o recebimento deste encaminhamento, entre 2-4 semanas, o hospital irá enviar uma carta de confirmação no endereço residencial da paciente, essa carta terá a data do “Booking Appointment” para a  primeira consulta feita pela Midwife, é  nesta primeira consulta que a gestante deverá comprovar que se qualifica em receber os serviços do National Health Service (NHS) gratuitamente no Reino Unido. Vale ressaltar que em casos de gestantes com irregularidades imigratórias, sem visto, ilegais ou mesmo sem passaporte europeu também podem fazer o pré-natal pelo NHS porem o serviço prestado será cobrado, este valor pode ser parcelado e o Home Office nunca será notificado, ao contrário do que muitas pessoas pensam e em muitos casos deixam de procurar assistência durante a gestação por ter este receio. Durante a primeira consulta a gestante deverá passar todas as informações necessárias e também seu histórico de saúde. Uma avaliação será feita para definir se a gestação é de baixo risco (low risk) ou alto risco (high risk). As consultas seguintes serão determinadas de acordo com o resultado do Booking Appointment e a necessidade de cada mulher.

 O número de consultas variam porém  segue aqui um exemplo:

• 10-12 semanas – primeira consulta (Booking Appointment);

• 16-24-28-32-36-38-39-40-41 semanas – Consultas com a Midwife/GP; Entre estas consultas os seguintes exames devem ser feitos: 

• 11-13 semanas ultrassonografia para confirmação de idade gestacional e também o exame de translucencia nucal;

• 20 semanas- Ultrassonografia morfológica;

• 26-28 semanas- Exame de glicose para diabetes gestacional (somente em gestantes que apresentam riscos predispostos);

Na Inglaterra o atendimento é todo voltado para facilitar e ajudar a gestante a ter um parto normal, este pode ser no hospital, nas casas de parto (Birth Centre) ou mesmo residencial. Em casos de parto residencial, por exemplo, a Midwife será a profissional que vai conduzir o parto, caso  haja  uma situação de emergência, mamãe e bebê são transferidos para o hospital imediatamente. Cesarianas são indicadas quando a gestante apresenta algum problema de saúde (físico ou mental) ou em casos de emergência durante o parto. Analgesia é oferecida de acordo com a necessidade de cada gestante. 

 A duração da estadia hospitalar dependerá do método do parto , estado físico e mental da mãe, amamentação, entre outros fatores, porém  a média é de 6-24 horas após parto normal e 24-48 horas para cesarianas.  A gestante tem o direito de ter duas pessoas de sua escolha acompanhando durante todo o processo. Na Inglaterra não existe berçários e, ao contrario do Brasil, o bebê fica com a mãe desde o momento do nascimento até o momento da alta e durante o período pós-parto, a Midwife irá fazer visitas na residência da mãe, nessas visitas serão avaliados o estado de saúde física e mental da mulher. 

Suzan Correa Midwife & Doula

Facebook: @suzanMidwifeanddoula