Endometriose - uma doença misteriosa.

Endometriose - uma doença misteriosa.

 

Dra Vania Martins

Ginecologista

 

A endometriose é um problema de saúde muito comum entre mulheres jovens que se encontram em idade fértil (10-45 anos - OMS). A doença costuma vir acompanhada de muita dor e, devido a isso, pode afetar a qualidade de vida da paciente, que irá sofrer constantemente com fortes cólicas menstruais.

 

Fatores de Risco:

Mulheres que apresentam casos da doença na família estão mais propensas a desenvolver o problema. Além disso, é possível que outros fatores interfiram, como: possuir ciclos menstruais irregulares, períodos menstruais muito longos (com mais de 7 dias de duração), não ter tido nenhuma gravidez, possuir algum tipo de anomalia no útero.

 

Possíveis Causas: 

Menstruação retrógrada: osangue reflui para as tubas uterinas e, com isso, vaza para outros locais próximos à região, como os ovários e até mesmo o intestino.

Imunidade baixa: quando existem problemas no sistema imunológico o organismo leva a produção de células do endométrio no local errado.

 

Principais sintomas

·       Cólicas menstruais severas.

·       Dores abdominais fortes no período pré-menstrual.

·       Sangramento intenso  durante a menstruação.

·       Presença de nódulos ou cistos (nos ovários e trompas).

·       Sensação de dor durante a micção.

·      Constipaçãoe dor intestinal.

·       Náuseas e vômitos durante a menstruação.

·       Perda de sangue pelo ânus durante a menstruação.

 

Diagnóstico:

Para um diagnóstico correto, é recomendável uma consulta médica com um ginecologista para os possíveis exames:

·       Ultrassonografia transvaginal 2D/3D para análise profunda da pelve.

·       Ressonância magnética da pelve para os casos de endometriose profunda.

·       Laparoscopia paraanalisar a estrutura do tecido da cavidade abdominal.

·       Colonoscopia - este exame busca por alterações na parte interna do intestino.

·       Cistoscopiapara diagnóstico de endometriose na bexiga.

 

Opções de tratamento

A endometriose é um problema crônico e que dificilmente receberá uma cura definitiva. É importante que sejam levados em conta fatores como a idade, gravidade do problema e a vontade da paciente de ter filhos futuramente.

Normalmente, são sugeridos procedimentos cirúrgicos (em situações mais graves) ou um tratamento a longo prazo com o uso de medicamentos, tais como analgésicos e anti-inflamatórios, anticoncepcionais ou DIU.

 

É importante que a paciente tenha consciência de que o tratamento muitas vezes é constante, principalmente quando consiste no uso de substâncias para amenizar os sintomas. Por isso, deixar de tomar os medicamentos corretamente pode fazer com que o problema retorne. 

 

Endometriose e a gravidez

Mulheres com endometriose também costumam sofrer com a infertilidade; cerca de 50% e 70% das mulheres com o problema costumam ser diagnosticadas com infertilidade.

 

DICAS:

Procure seu ginecologista se você sofre com cólicas menstruais severas ou tem

dores para ter relações com seu companheiro.

Exercícios podem ajudar, e evite os alimentos ricos em açúcar saturado e  alimentos processados.