Mulheres ainda fazem o dobro das atividades domésticas

Mulheres ainda fazem o dobro das atividades domésticas

 

Tem café? Onde estão as  toalhas limpas? Passou minha camisa? 

Essas perguntas devem ser  familiares para você que é esposa, mãe e precisa dar conta de todas essas atividades domésticas diariamente. 

Desde que o mundo é mundo   existe uma divisão de tarefas impostas pela sociedade, se voltarmos algumas décadas atrás, a função da mulher era cuidar da casa e dos filhos enquanto ado homem era  trabalhar para sustentar a família.

Com várias reivindicações feministaspor direitos iguais, as mulheres passaram a usar calças, trabalhar em ambientes antes masculinos mas continuaram a acumular tarefas, pois além do trabalho fora de casa, ainda tem a"obrigação social" de cuidar da casa e dos filhos.  

Uma matéria publicada no site valor.com.br , aponta  que esse cenário começa a mudar. Na realidade atual as mulheres doam 20 horas do seu tempo aos trabalhos domésticos enquanto os homens dedicam apenas 10 horas, a matéria ainda menciona que homens e mulheres estão dividindo "um pouco mais" as tarefas do lar. 

A jornada das mulheres incluindo o trabalho fora de casa é 9,1% superior a o dos homens, com issoelas trabalham em média 55 horas semanais. 

Além dessa desvantagem feminina, outros pontos fazem com que a mulher se torne mais presa ao lar do que os homens, como por exemplo filhos adoecerem, a babá faltar ou outros imprevistos domésticos. 

Outra pesquisa publicada no Portal G1 80,8% das mulheres casadasdizem ser  as principaisencarregadas  pela arrumação da casa onde moram.  A única tarefa doméstica que ainda é majoritariamente é masculina são pequenos consertos e reparos como troca de lâmpada e desentupimento de pia. 

Por mais que o universo feminino acredite que a modernidade está trazendo mudanças para esse cenário, as pesquisas ainda apontam uma grande diferença entre os  gêneros, priorizando os homens e a sua liberdade e mantendo a mulher como refém do lar.