O poder da mulher não está no cabelo

O poder da mulher não está no cabelo

 

Desde que o mundo é mundo a figura feminina foi estereotipada de  cabelos  longos, isso sempre foi o principal acessório que a diferenciava do masculino. 

Com o passar do tempo a mulher foi ganhando a liberdade de escolher o tamanho do seu cabelo e apenas algumas culturas e religiões mantiveram essa característica feminina. 

Hoje em 2017 podemos escolher se queremos nosso cabelo long bob, chanel, comprido ou até o famoso "joãozinho" que a princípio como o nome retrata era um corte masculino. 

Algumas mulheres afirmam se sentirem mais fortes e bonitas com os cabelos mais curtos e é o que podemos ver nas imagens abaixo:

A diretora de moda Ana Kanai desapegou das madeixas e diz que a maquiagem agora realça muito mais. 

 Imagem: Cosmopolitan 

Imagem: Cosmopolitan 

A atriz Maria Casadevall, apostou no curto com franjinha e parece bem mais jovem. 

 Imagem: Google

Imagem: Google

A versatilidade do cabelo curto encantou Emma Stone que tem um dos cortes mais desejados e imitados. 

emma-stone-cabelo-curto-comprido.jpg

Lily Collins quando desapegou dos fios longuíssimos

lily-collins-cabelo-curto-comprido.jpg

Que tal encarar uma mudança assim para 2018? Renovar faz um bem danado!